OBRIGADO PELA VISITA

O LABORATÓRIO SIDERAL leva até você, somente POSTAGENS de cunho cultural e educativo, que trata do universo; das gentes; das lendas; das religiões e seus mitos, e de forma especial, dos grandes mistérios que envolvem nosso passado. Contém também muitos textos para sua meditação. Tarefa difícil, mas atraente. Neste Blog não há bloqueio para comentários sobre qualquer postagem.

A FOTO ACIMA É A VISÃO QUE TEMOS DA CHAPADA DO ARARIPE, A PARTIR DA NOSSA "VILA ENCANTADA".

sábado, 2 de fevereiro de 2013

QUANTO CUSTA SER FELIZ ?! - Por Vicente Almeida


Dia desses, em uma das esquinas do tempo encontrei uma jovem lamentando por sua vida.

Dizia ela:

- Isto é uma vida muito miserável! Queria mesmo era morrer! Deus nunca olhou para mim, sou um traste. E continuava discorrendo sobre seu pretenso desamparo.

Vendo que ela era uma pessoa de aparência jovial perguntei a mim mesmo:

- Por que será que ela se lamenta tanto desejando a morte? O que estará errado em sua vida?

E desejando conversar um pouco para compreender suas razões, me aproximei mais e perguntei!

Minha jovem por que tanta amargura, se você parece uma pessoa saudável e ainda na flor da idade?

- Moço esta vida que levo, nem um porco desejaria para ele - respondeu ela. E continuou:

- Veja: a rua é meu lar, a lua e as estrelas são minha colcha de retalhos, mas não me abrigam do frio, qualquer pedra é um travesseiro para mim e não possuo amigos. Ninguém faz nada por mim. NUNCA TENHO O QUE AGRADECER.

Olhei para ela! Olhei de novo! Olhei ainda uma terceira vez e finalmente ousei lhe dizer:

- Não vejo em você razões para tanta amargura! E fui muito sincero quando afirmei: Acho que você não sabe é agradecer!

Ela me olhou como ar reprovador, medindo-me de cima a baixo. 

Vamos fazer o jogo do contente? - Perguntei?

- O que é isto - interrogou ela?

- Não sei bem o que é -respondi!

Em minha juventude, certa vez li em algum lugar sobre uma menininha que queria ver todo mundo contente e inventava mil artifícios para que as pessoas se sentissem felizes, mesmo não tendo o que queriam, nem sendo o que desejavam ser.

- Ah mais eu não entro nessa, não tenho nenhum motivo para ficar contente, isto é pura fantasia exclamou a jovem!

Tudo bem! Vamos fazer assim: Farei algumas perguntas, se a resposta for positiva agradeça a Deus! se for negativa diga que Deus é mau!

Tudo bem -Respondeu a jovem, não tenho nada a perder mesmo!

Faz tempo que você foi expulsa de casa? -Arrisquei!

Mas eu não fui expulsa de casa fugi para viver a minha vida e abandonei meus pais que ainda hoje me procuram -Disse ela!

- Então agradeça a Deus por que teus pais te amam!

Voltei com nova pergunta -Quantos dias você chega a passar sem comer por falta de alimento?

Mas isto não é verdade, todo dia alguém me alimenta. Não sei como isso acontece, mas nunca falta -Foi sua resposta!

- Então agradeça a Deus por que o mundo te ama.

E investi novamente -Como você consegue viver com as doenças que tem?

O que é isto? estou com vinte e dois anos e não tenho doenças moço -Foi sua resposta!

- Então agradeça a Deus por que Ele jamais te esqueceu!

Com a minha impertinencia voltei a carga -Você tem muita dificuldade por ser analfabeta?

Nunca lhe vi moço, quem lhe disse que sou analfabeta? Estudei o primário completo... E falou isto com ar de reprovação pela pergunte que fiz.

- Então agradeça a Deus por haver lhe dado pais amorosos e mestres dedicados que tentaram lhe mostrar o caminho da virtude, da felicidade e da riqueza.

Ai olhando para ela, olho no olho ousei dizer: A sua infelicidade tem nomes esquisitos como: EGOÍSMO, -É quando a pessoa só pensa em si... ORGULHO, -É quando a pessoa tem um elevado conceito de si mesmo... DESAMOR, -É quando a Pessoa é hostil e não se afeiçoa a ninguém...

...Pessoas assim vivem sós, ou terminam sós.

Você se recusa a amar as pessoas como elas são, contudo, jamais poderá modificá-las adaptando-as aos seus caprichos. Antes de pretender que o mundo se dobre a sua vontade, aprende primeiro a doar-se.

Não é o mundo que não te ama é você que não se ama.

A felicidade é feita de momentos, de trabalho honrado, de lutas e conquistas. Na sua idade, milhares já são mães de família, tem o seu lar, o seu trabalho. Infelizmente, outro tanto ainda pensa que o mundo não vale nada! Quem é mesmo que nada vale? 

As pessoas nos dias correntes, dificilmente reconhecem quando são favorecidos em alguma coisa. Imerecidamente querem sempre mais.

Após essa conversa, a jovem ficou meditativa por instantes, baixou a cabeça, nada mais falou nem olhou para mim. Aos poucos foi se afastando e fiquei observando até seu vulto desaparecer misturando-se com outros transeuntes da rua do tempo.

Até hoje não sei se fiz bem em interpelá-la.

*****************************************
Ser feliz é uma opção pessoal e intransferível. Está intrinsecamente ligado ao bem que fizermos ao próximo! Vicente Almeida.
Texto: Vicente Almeida
02/02/2013

3 comentários:

  1. Olá, Vicente, como é gostoso retornar e encontrar um texto desses...
    Acabamos de chegar de Várzea Alegre-Ce. Não fui a sua Vila Encantada desta vez, mas quem sabe um dia?!
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Vicente:

    Já sentia falta de seus escritos, das mensagens que você transmite através dos textos que posta.
    Aprovo sua opinião em afirmar que ser feliz é uma opção pessoal e intransferível.
    É isso amigo. Voltei. Aqui estou para mais uma vez nos comunicarmos.
    Estive em Maceió, compartilhando as alegrias de meus sobrinhos ao formar uma filha. Gostei do passeio e me lembrei de vocês. Como seria bom se meus amigos estivessem ali reunidos a nós (meus familiares).
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. É...

    Artemísia

    Fico contente que tenhas regressado ao Rio de Janeiro e que esteja tudo em paz.

    Fideralina:

    Estamos contentes que tenhas regressado.

    Obrigado por lembrar da gente em suas andanças.

    ResponderExcluir