OBRIGADO PELA VISITA

O LABORATÓRIO SIDERAL leva até você, somente POSTAGENS de cunho cultural e educativo, que trata do universo; das gentes; das lendas; das religiões e seus mitos, e de forma especial, dos grandes mistérios que envolvem nosso passado. Contém também muitos textos para sua meditação. Tarefa difícil, mas atraente. Neste Blog não há bloqueio para comentários sobre qualquer postagem.

A FOTO ACIMA É A VISÃO QUE TEMOS DA CHAPADA DO ARARIPE, A PARTIR DA NOSSA "VILA ENCANTADA".

domingo, 27 de novembro de 2016

A ARROGÂNCIA É MAU CONSELHEIRA! - Por Vicente Almeida

VOCÊ SABE COM QUEM ESTÁ FALANDO?


Ainda é comum ouvirmos alguém em determinadas situações dizer: "VOCÊ SABE COM QUEM ESTÁ FALANDO"? Deixando transparecer ser uma pessoa muito importante, merecedora de tratamento especial, por tanto exige ser atendida em suas reivindicações e os outros que se lixem!

Aristóteles falou que a grandeza do homem, não está em receber honras, mas em merecê-las, e o arrogante nunca merece, apenas se julga merecedor.

É comum este tipo de gente tentar intimidar as pessoas, mesmo que elas estejam a serviço da lei, infelizmente, as vezes até conseguem.

Um policial comum ou um guarda de transito, por exemplo, estão sempre a se deparar com esse tipo medíocre de autoritarismo. Diríamos que pessoas assim estão muito longe de compreender o que é ser importante e vão se lambuzando no mar de lamas da sua vaidade. Mas essa minoria que ainda se arvora no conceito do direito da força tende a perder espaço e um dia triunfará a força do direito.

Talvez nunca tenham lido ou procurado conhecer a arquitetura harmoniosa do universo e sua grandeza. Desconhecem a finalidade existencial de todos os reinos da natureza. Desconhecem a funcionalidade e a finalidade dos astros. 

Se essas pessoas parassem um pouco para meditar iram perceber o quanto são pequenas e insignificantes.

Enquanto isso, há muitas pessoas realmente importantes que passam despercebidas, jamais usando privilégios, embora os mereça.

Escrito por Vicente Almeida
27/11/2016

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

O ESPÍRITO DO NATAL - Por Vicente Almeida

FALTAM 30 DIAS PARA O NATAL

Aproxima-se mais uma data magna da cristandade.

Desejamos que seu espírito natalino possa semear muita paz entre irmãos.

Que através das famílias, Jesus seja realmente o homenageado. Que não fique apenas limitado a um presépio finamente ornamentado, somente para ser admirado lá no canto da sala.

Quando você pronunciar as palavras mágicas "Feliz Natal" para alguém desejamos que suas palavras saiam realmente do seu coração, e que ele vibre em sintonia com a sua vontade de que seu semelhante seja realmente feliz.

É muito vago e sem graça, se desejar "Feliz Natal" somente da boca para fora, pois são palavras ao vento, sem nenhuma força criadora de paz. Sem fraternidade é inútil e prejudicial estampar um sorriso apenas facial. Melhor seria nem abrir a boca. Mais você não vai se comportar assim não é?

Ah sim! Se possível, ao desejar um "Feliz Natal" troque também um aperto de mão, pois com esta atitude, seu semelhante, ao receber o fluxo regenerador de suas energias, também lhe transmite as boas energias dele, e ambos se sentirão realmente felizes. Esta simples prática de contato físico, calorosa e fraterna, várias vezes ao dia imuniza o corpo contra muitos males. Mas isto não é válido somente durante o natal, VIU!


Escrito por Vicente Almeida
25/10/2012

DESPEDINDO-ME DA TERRA - Por Vicente Almeida

Médicos e cientistas cósmicos não conseguiram uma solução para que eu pudesse permanecer mais tempo entre vocês e estabeleceram que exatamente no dia 31 de dezembro de 2016, meus equipamentos de manutenção serão desativados e partirei para o mundo das sombras, onde dentro de algum tempo serei definitivamente esquecido, como acontece com tudo e com todos.

Todas as tentativas de prolongar meus dias seriam frustradas, já que é coisa definida cientifica e astronomicamente. Partirei. Sei que tudo que me liga a vocês, um dia se perderá na noite dos tempos.

Sei... Apesar do conhecimento tecnológico, a minha enfermidade é irreversível. restando apenas trinta e seis dias, vivo de fato os últimos instantes da minha existência e já começo a andar cambaleante, sentindo aquela estranha sensação de adeus prematuro. Mas, ao invés de me lamentar quero aproveitar os instantes finais para me despedir daqueles que como amigos me elogiavam e também daqueles que não gostando de mim procuravam me destratar e me ver pela retaguarda.

É muito estranho, como sentimos amarguras ao perceber que tudo está quase consumado. Sei que dentro em breve não mais ouvirei gargalhadas dos amigos, nem zombarias dos que me desprezam. Sim sentirei saudades dos que me desprezam, mesmo sabendo que eles sempre desejaram me ver partir para sempre. Aproxima-se o momento de satisfazê-los.

Também sentirei saudades do sorriso maroto das crianças e do gorjear dos pássaros e da chuva caindo de mansinho e fertilizando a terra. Sentirei saudades do sol, do luar e das estrelas. Sentirei saudades dos dias festivos, quando os corações se uniam para comemorar algo bom. Sentirei muitas saudades de você que está lendo esta mensagem.

Parece que vou sentir saudades de tudo, resta uma esperança: Falam de reencarnação. Falam em ciclos e que tudo e todos voltam outras vezes no redemoinho dos tempos.

Creio que também voltarei, mas a informação que tenho é que não serei reconhecido por que estarei com nova denominação, nova roupagem e novas ideias, consequências talvez de experiências passadas!

Partirei ciente de que cumpri minha missão na cosmologia do tempo. Fui leal ajudando aos que desejavam ser ajudados e nada podendo fazer por aqueles que me desprezavam, mesmo por que eles nunca escutaram minhas admoestações.

Não vou me alongar mais, despedidas longas deixam mais problemas do que soluções. Ainda me restam alguns dias para conviver com vocês e quero aproveitar o máximo. Quero levar uma boa lembrança de todos os momentos em que pude fazer algo por alguém.

Ainda não é adeus. Antes que o diagnóstico cósmico se concretize, caso me for permitido, antes da minha partida definitiva, conforme o meu estado e a minha consciência, aqui retornarei para escrever o texto final. Mas se aqui não retornar, algo deu errado e peço desculpas.

Escrito por Vicente Almeida
25/11/2016

BRÁULIO BESSA - ÊITA MUNDO BOM - Por Vicente Almeida

A vida será maravilhosa se soubermos aproveitar cada momento.


Sendo eu um aprendiz
A vida já me ensinou
Que besta é quem vive triste
Lembrando do que faltou.
Magoando a cicatriz
Esquece de ser feliz
Por tudo que conquistou;

Afinal nem toda lágrima é dor
Nem toda graça é sorriso
Nem toda curva da vida
Tem uma placa de aviso.
Nem sempre o que você perde
É de fato um prejuízo;

O meu ou o seu caminho
Não são muito diferentes
Tem espinho, pedra, buraco
Pra mode atrasar a gente.
Não desanime por nada
Pois até uma topada
Empurra você pra frente;

eu sei cada passo por mim dado
Nessa estrada esburacada que é a vida.
Passei coisas que até mesmo Deus duvida
Eu fiquei triste, capionga, aperriado 
Porem nunca me senti desmotivado;

Eu me agarrava sempre numa mão amiga
E de forças a minha alma era munida
Pois do céu a voz de Deus dizia assim:
Suba o queixo, meta os pés confie em mim.
Vá pra luta que eu cuido das feridas.

É isso ai: Vá pra luta que DEUS cuida das feridas.
25/11/2016

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

FLEXIBILIDADE E HARMONIA 2 - Por Vicente Almeida

O que você pensa tende a se tornar realidade. assim você vive a sua realidade e não a dos outros.

Esta convicção tem o poder de alimentar em você, em alta, as forças criativas do espírito. Evite alimentar crenças destrutivas.

Por incrível que pareça a crença mais prejudicial é pensar que a idade vai tornando você mais fraco. O corpo realmente quando maltratado poderá se tornar quase inútil, mas a consciência dentro de você que poderemos chamar de alma ou espírito vai se tornando cada vez mais inteligente. 

Saiba que o espírito não envelhece nem se torna improdutivo, a não ser que você alimente esta crença. Sua crença é seu poder.

Os mais jovens costumam dizer que velho é um ser ultrapassado. Achamos que isto é inveja, na verdade eles gostariam mesmo era ter nossa experiencia.

Escrito por Vicente Almeida
24/11/2016 

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

TE DESEJO VIDA - Por Vicente Almeida

Muitas vezes queremos falar de paz, de amor, de fraternidade, mas o que desejamos falar, embora seja a nossa intenção, curiosamente, nossos pensamentos não se transformam em palavras na mesma velocidade, ficando apenas aquele sentimento latente em nossa intimidade e quando tentamos escrever as palavras resistem em não sair e se esvoaçam, entretanto, a ideia continua doidinha para se manifestar.

Em casos assim, como a ideia persiste, logo encontramos ajuda, as vezes é um poeta, que sem o saber, nos entrega de bandeja a nossa ideia dissecada e pronta, como este vídeo contendo a essência do nosso pensamento com tudo que queríamos te dizer.



Nem sempre é preciso conhecer as pessoas para lhes desejar tudo de bom, basta simplesmente pensar em felicidade e paz e direcionar mentalmente a quem desejamos. Neste caso, estas palavras são destinadas a você caro leitor, anônimo ou conhecido.

Vicente Almeida
23/11/2016

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

NA SUÉCIA É ASSIM - Por Vicente Almeida

ESTE É O SISTEMA DE GOVERNO QUE SONHAMOS PARA O BRASIL



Taí o exemplo de administração pública que gostaríamos de ver implantada no Brasil, sem mordomias e com o dinheiro do contribuinte utilizado com dignidade.

Afinal de contas o homem público é nosso empregado, e não nosso patrão.

É verdade, decorrerá séculos ainda para que o Brasil seja de fato o país do futuro.

Isto somente acontecerá quando os homens públicos compreenderem aquela máxima de Cristo: "Faça aos outros o que queres que te façam"

Mas hoje estão ainda tão cegos pela cultura da ganancia e do enriquecimento ilícito que não conseguem compreender que mortalhas não possuem bolsos;

Sim, chegará o dia em que o Brasil será o coração do mundo, a Pátria do Evangelho, e seus recursos quase inesgotáveis passarão a ser utilizados em benefício da humanidade e não de uma minoria.

Até lá, ainda teremos muito choro e ranger de dentes! Os políticos no Brasil subiram a escada do falso sucesso saltando os degraus para chegar mais rápido ao topo. Felizmente agora estão começando a descer aqueles degraus... empurrados, enxotados, desmascarados, desprestigiados. 

Falta muito ainda para limpar tanta sujeira, mas chegaremos lá!

Escrito por Vicente Almeida
21/11/2016

domingo, 20 de novembro de 2016

O SIGNIFICADO DAS DOENÇAS!!! - Por Poliana Almeida

Durante o meu curso de enfermagem, descobri que o estudo sobre saúde, não está limitado somente ao corpo material.

Os médicos e psicólogos estudam profundamente os fenômenos comportamentais que antecederam a doença, retroagindo no tempo até localizar o início de possíveis causas da enfermidade, e assim tornar possível a cura, ou estabilizar em um patamar razoável.

Segundo a psicóloga Americana Louise L. Hay, todas as doenças que temos são criadas por nós. Afirma ela, que somos 100% responsáveis por tudo de ruim que acontece no nosso organismo. Todas as doenças têm origem num estado de não-perdão. 

Sempre que estamos doentes, necessitamos descobrir a quem precisamos perdoar. 
Quando estamos empacados num certo ponto, significa que precisamos perdoar mais. 
Pesar, tristeza, raiva e vingança são sentimentos que vieram de um espaço onde não houve perdão. Perdoar dissolve o ressentimento. 

Estou relacionando a seguir, algumas doenças e suas prováveis origens, elaboradas por aquela psicóloga. Reflita, vale a pena tentar compreender e evitá-las: 

Não estou querendo dizer que seja exatamente assim, mas, é o resultado de um estudo científico durante mais de vinte anos com milhares de pacientes. De alguma forma, as enfermidades tem relação direta com nosso comportamento, qualquer pessoa com o mínimo de entendimento percebe isso, mas tem aquela história de não dar o braço a torcer e vai sofrendo.  

DOENÇAS/CAUSAS: 

AMIDALITE: Emoções reprimidas, criatividade sufocada.
ANOREXIA: Ódio ao externo de si mesmo.
APENDICITE: Medo da vida. Bloqueio do fluxo do que é bom.
ARTERIOSCLEROSE: Resistência. Recusa em ver o bem. 
ARTRITE: Crítica conservada por longo tempo. 
ASMA: Sentimento contido, choro reprimido.
BRONQUITE: Ambiente familiar inflamado. Gritos, discussões.
CÂNCER: Mágoa profunda, tristezas mantidas por muito tempo.
COLESTEROL: Medo de aceitar a alegria.
DERRAME: Resistência. Rejeição à vida. 
DIABETES: Tristeza profunda.
DIARRÉIA: Medo, rejeição, fuga.
DOR DE CABEÇA: Autocrítica, falta de auto-valorização.
DOR NOS JOELHOS: medo de recomeçar, medo de seguir em frente. Pessoas que procuram se apoiar nos outros.
ENXAQUECA: Raiva reprimida... Pessoa perfeccionista. 
FIBROMAS: Alimentar mágoas causadas pelo parceiro (a).
FRIGIDEZ: Medo. Negação do prazer.
GASTRITE: Incerteza profunda. Sensação de condenação.
HEMORROIDAS: Medo de prazos determinados. Raiva do passado. 
HEPATITE: Raiva, ódio. Resistência a mudanças.
INSÔNIA: Medo, sentimento de culpa.
LABIRINTITE: Medo de não estar no controle.
MENINGITE: Tumulto interior. Falta de apoio.
NÓDULOS: Ressentimento, frustração. Ego ferido. 
PELE (ACNE): Individualidade ameaçada. Não aceitar a si mesmo.
PNEUMONIA: Desespero. Cansaço da vida.
PRESSÃO ALTA: Problema emocional duradouro não resolvido.
PRESSÃO BAIXA: Falta de amor quando criança. Derrotismo. 
PRISÃO DE VENTRE: Preso ao passado. Medo de não ter dinheiro suficiente.
PULMÕES: Medo de absorver a vida.
QUISTOS: Alimentar mágoa. Falsa evolução.
RESFRIADOS: Confusão mental, desordem, mágoas.
REUMATISMO: Sentir-se vitima... Falta de amor. Amargura. 
RINITE ALÉRGICA: Congestão emocional. Culpa, crença em perseguição.
RINS: medo da crítica, do fracasso, desapontamento.
SINUSITE: Irritação com pessoa próxima.
TIREOIDE: Falta de humildade.
TUMORES: Alimentar mágoas... Acumular remorsos. 
ÚLCERAS: Medo... Crença de não ser bom o bastante, mau humor.
VARIZES: Desencorajamento. Sentir-se sobrecarregado.

Curioso não?

Por isso vamos tomar cuidado com os nossos sentimentos, principalmente daqueles, que escondemos de nós mesmos.

Quem esconde os sentimentos, retarda o crescimento da Alma. 

Remédios indicados: Auto-estima, Perdão e Amor.


Poliana Almeida
13/11/2016

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

FLEXIBILIDADE E HARMONIA - Por Vicente Almeida

Você está cansado(a), preocupado(a), angustiado(a), magoado(a), decepcionado(a), com raiva?

Observe por instantes esta paisagem!

Percebeu o quanto há de harmonia, beleza e serenidade em todos os quadrantes da imagem? Na natureza é assim, tudo é belo, é magnifico, só depende de como estamos olhando.

Mentalmente penetre este quadro, sente-se neste banco e observe cada detalhe. Respire profundamente e harmonize-se com o que vê. Tudo está perfeito. Observe o gramado a frente, devagar levante a vista e observe o lago, mais um pouco e observe a sua frente o dilúvio de cores deslumbrantes na floresta que margeia o lago. Olhando mais alto nova beleza: O azul celeste. Demore na observação tanto quanto puder. Delicie-se.

Agora a sua mente já captou a beleza do momento e a armazenou. HORA DA TROCA: Pegue os pensamentos que infelicitam sua vida e expulse-os da sua mente fazendo-os descer como em uma escada, degrau por degrau. Faça isto principalmente com as mágoas, as raivas e o sentimento de vingança, deixe-os cair no lago e se afogarem e ao levantar do banco e sair do quadro, não olhe para traz, você poderá ter a infeliz tentação a salvar algum.

Ao praticar esse exercício estará dando o primeiro passo para a harmonia interior. Ah e não esqueça perdoe as ofensas recebidas. Não vale a pena guarda-las dentro de você a sete chaves e de vez em quando relembra-las, elas possuem espinhos dolorosos, te machucam o tempo todo e ninguém vai sofrer por isso, só você. 

Este é apenas um dos milhões de milhões de quadros que a DEUS dispõe para você interiormente se encontrar, aproveite onde quer que esteja.

A felicidade é construção pessoal e intransferível.  



Escrito por Vicente Almeida
18/11/2016

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

SALVAR É PRECISO - Por Vicente Almeida

Uma vez, um garoto estava sentado à beira da piscina e percebeu que as abelhas iam beber água e acidentalmente caiam na piscina se afogando.

Vendo isto, o garoto correu, pegou uma peneira e começou a retirar da água as abelhas que tinham caído ali colocando-as na areia enxuta, para se reanimarem.

Alguém que observava disse: “Filho, você não vai conseguir salvar todas estas abelhas”!

O garoto, silencioso continuou seu trabalho, enfiou novamente a peneira na água, retirou mais abelhas e sorrindo, olhou seu interlocutor  e exclamou: “É, mas estas aqui eu consegui salvar”!

Belo gesto, ele encontrou um significado em sua vida, salvar os pequenos e benfazejos insetos, tantos quantos pudesse.

Todos precisamos encontrar um significado naquilo que fazemos, para canalizar construtivamente nossos energias.

Você não precisa tentar salvar o mundo, mas, fazendo sua parte, salvará mais do que esperava salvar.

As pequenas idéias podem ajudar positivamente, sobretudo se chegarem no momento certo.

Escrito por Vicente Almeida
17/11/2016

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

VOCÊ É FELIZ? CONHEÇA O OUTRO LADO DA MOEDA! - Por Vicente Almeida

Acho quase impossível você ver este vídeo e não sentir algo pulsar diferente dentro de você. É como despertar para uma realidade que as vezes não queremos saber nem participar.




16/11/2016

terça-feira, 15 de novembro de 2016

SE SEU NAVIO NÃO CHEGA, NADE ATÉ ELE - Por Vicente Almeida

Outro dia foi o aniversário da partida de uma senhora por muitos conhecida e muito querida. Algum tempo antes, chegando de uma das dezenas de consultas médicas que já fizera, ela disse aos familiares:

- Pedi franqueza à junta médica que me examinou, pedi-lhes que não me poupassem de saber a verdade sobre meu estado de saúde. Eu sinto que me resta pouco tempo. Diante dos olhares ansiosos, ela continuou:

- Eles me revelaram que sou portadora  de uma moléstia incurável e que minha previsão de vida é de aproximadamente 4 meses.

- E a senhora nos conta isso com essa naturalidade? Perguntou uma das filhas, em prantos.

Continuou a senhora, com muita serenidade:

- Ora, eu tenho um bom tempo para fazer tudo que já devia ter feito há muito.

Arrumarei todos os meus armários, guardarei o que realmente uso e o resto jogarei fora ou doarei a quem precisa.

Colocarei belas cortinas em todas as janelas e elas me impedirão de ficar olhando a vida alheia. Todos os dias tirarei o pó da casa e, durante esse trabalho, pensarei:

Estou me livrando das sujeiras que guardei do passado, Evitarei ouvir e assistir más notícias e alimentarei o meu espírito com leituras saudáveis, conversas amigáveis, dispensarei  fofocas e não criticarei a mais ninguém, Pensarei naqueles que já me magoaram e, com sinceridade,  os perdoarei.

Todas as noites agradecerei a Deus por tudo que estarei conseguindo fazer nestes últimos 4 meses que me restam.
Todas as manhãs, ao acordar, perguntarei a mim mesma, O que posso fazer para tornar o dia de hoje um dia melhor?
E farei de tudo para transmitir felicidade àqueles que de mim se aproximarem.

E a cada dia que passar farei pelo menos uma boa ação.

Quatro meses são mais de 120 dias, portanto, quando eu fechar os olhos para nunca mais abri-los, eu terei feito no mínimo 120 boas ações.

Todos que a ouviam, pouco a pouco se retiraram dali, indo cada um para um canto, para chorar sozinho.

A mulher ali ficou e nos seus olhos havia um brilho de alegria. Pensava consigo mesma: "Não posso curar meu corpo, mas posso mudar a vida que me resta".

Ela tinha uma grande tarefa:

Transformar seu mundo interior,  tornar-se uma pessoa totalmente diferente do que já fora, em apenas 4 meses ela conseguiu cumpri-la plenamente.

O mais curioso dessa história é que, após a notícia dada aos familiares, ela viveu mais 23 anos.

Ela havia conseguido curar a sua própria alma e em consequência sua moléstia desapareceu;

ela morreu de velhice.

Autor desconhecido

15/11/2016

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

O QUE É FELICIDADE? - Por Vicente Almeida

Tire um tempinho para se interiorizar, extrair e distribuir a felicidade que há dentro você, lembrando que: "Ser feliz não é ter o que se quer, mas aceitar o que se tem".

A felicidade não é permanente, não é uma situação que você possa reter para si indefinidamente. Ela é feita de momentos entremeada até de muitas dificuldades. Esses momentos felizes que passamos ou transmitimos nos proporciona um bem estar indefinível.

Todos querem a paz, mas poucos se esforçam para conquistá-la. Da mesma forma, todos querem ir para o céu, mas ninguém quer morrer. Você quer?

Assim é a vida, alguns querendo realizações pessoais sem contudo dispender esforço nesse sentido, sua preocupação maior é criticar o sucesso do vizinho. Será inveja?

Muita gente há, que em primeiro lugar procura adquirir bem estar, riquezas, o coração do ente amado e até mesmo um lugar de destaque na sociedade e para esse fim, não tem importância se alguém for prejudicado em benefício de suas metas. E com esse objetivo, as vezes se envolvem e se expõem a situações difíceis e vexatórias, mas nem ligam, desde que consigam seu objetivo.

Para se obter bem estar e segurança durante a jornada terrena é preciso sobre tudo pensar nos outros e sempre que possível ajudá-los. 

Quem quer ser feliz sem medo do passado, faz os outros felizes, não destruindo suas esperanças. Quem quer receber precisa primeiro aprender a dar.

O sorriso desmancha carrancas e dá novo ânimo a quem o recebe.

Uma palavra amiga estimula a compreensão e a fraternidade.

Um aperto de mão solidário, sincero e fraterno transmite segurança a quem o recebe e o seu autor recebe-o de volta multiplicado muitas vezes. É uma troca de energia que surpreende quem o pratica.

O que mais um enfermo aspira é receber uma visita amiga, assim, ao visitá-lo, não fale sobre sua enfermidade nem sobre a enfermidade dos outros. Fale sobre temas alegres.

O idoso é aquele que tem uma idade superior a sua, um conhecimento de fazer inveja, e muito pode ajudá-lo, não se isole dele. Faça-o sentir-se gente. Você só tem a ganhar.

Estes são alguns dos caminhos que nos conduzem a momentos felizes, uma paz duradoura e contagiante.

A fórmula secreta para tudo isto é bem simples: "Ama o teu próximo como a ti mesmo". Quem falou isto tinha autoridade para ensinar, por isto eternamente será chamado "MESTRE"!

Escrito por Vicente Almeida
14/11/2016

domingo, 13 de novembro de 2016

VATICANO DÁ NOVAS INSTRUÇÕES PARA OS SERMÕES - Por Vicente Almeida

Em 2013, o papa Francisco ressaltou a importância de um conteúdo claro, breve e atraente, em linguagem susceptível de ser compreendida nos sermões.

Intitulado "Diretriz sobre a Homilia" (sermão), este documento de 117 páginas responde a uma prioridade do papa Francisco, que em 2013 ressaltou a importância de um conteúdo claro, breve e atraente, em linguagem susceptível de ser compreendida, e que deve confortar os fiéis, e não afligi-los.


Um padre católico que pronunciar um sermão não deverá a partir de agora dar uma aula de erudição, contar sua história pessoal ou "distorcer os textos" para impor seus preconceitos, recomendou nesta terça-feira uma diretiva para sacerdotes em todo o mundo.

"Para se tornar um bom pregador, não é necessário ser um grande orador", reafirma esta longa carta, ressaltando que "Moisés sofria com dificuldades de expressão, Jeremias se considerava muito jovem e Paulo sentia temor e tremor". "A voz de trovão e gestos teatrais devem dar lugar ao uso adequado da voz e gestos".

"A homilia deve ser breve e evitar parecer uma conferência. Não deve ser uma oportunidade para declarações completamente estranhas à celebração ou (...) para distorcer os textos em todas as direções para submetê-los a uma ideia preconcebida".

"Por fim, a homilia não deve ser considerada como um tempo reservado para o testemunho pessoal" do pregador, segundo o texto, que também rejeita a "pregação puramente moralista ou semelhante a doutrinação".

O documento também menciona casamentos e funerais, convidando os sacerdotes a prepará-lo tendo em vista que "muitos dos envolvidos não são cristãos ou não são católicos".

O sermão é privativo e reservado aos bispos, padres e diáconos, mas proibido aos leigos.

"Certamente boas lições podem ser ensinadas por líderes leigos bem preparados de algumas comunidades, mas tais intervenções devem ser feitas em outros contextos". Esta recomendação é direcionada às novas comunidades, onde não é incomum que os leigos comentem textos bíblicos durante as missas.

Contudo, observamos que poucos ou nenhum sacerdote aderiu a nova instrução e continuam aproveitando o momento como antes, alguns se alongam demais em suas homilias, outros se desviam para temos fora do contexto.

13/11/2016

sábado, 12 de novembro de 2016

DESPACHO INCOMUM - Por Vicente Almeida

VALE A PENA PERDER UM POUCO DE SEU TEMPO PARA LER ESTA DECISÃO. É UM DESPACHO INCOMUM DE UM JUIZ CRIMINAL.

DESPACHO INUSITADO DE UM JUIZ EM UMA SENTENÇA JUDICIAL ENVOLVENDO 2 POBRES COITADOS QUE FURTARAM 2 MELANCIAS

DECISÃO PROFERIDA PELO JUIZ RAFAEL GONÇALVES DE PAULA NOS AUTOS DO PROC Nº 124/03 - 3ª Vara Criminal da Comarca de Palmas/TO:

DECISÃO

Trata-se de auto de prisão em flagrante de Saul Rodrigues Rocha e Hagamenon Rodrigues Rocha, que foram detidos em virtude do suposto furto de duas (2) melancias. Instado a se manifestar, o Sr. Promotor de Justiça opinou pela manutenção dos indiciados na prisão.

Para conceder a liberdade aos indiciados, eu poderia invocar inúmeros fundamentos: os ensinamentos de Jesus Cristo, Buda e Ghandi, o Direito Natural, o princípio da insignificância ou bagatela, o princípio da intervenção mínima, os princípios do chamado Direito alternativo, o furto famélico, a injustiça da prisão de um lavrador e de um auxiliar de serviços gerais em contraposição à liberdade dos engravatados e dos políticos do mensalão deste governo, que sonegam milhões dos cofres públicos, o risco de se colocar os indiciados na Universidade do Crime (o sistema penitenciário nacional);

Poderia sustentar que duas melancias não enriquecem nem empobrecem ninguém.  Poderia aproveitar para fazer um discurso contra a situação econômica brasileira, que mantém 95% da população sobrevivendo com o mínimo necessário apesar da promessa deste presidente que muito fala, nada sabe e pouco faz;

Poderia brandir minha ira contra os neoliberais, o consenso de Washington, a cartilha demagógica da esquerda, a utopia do socialismo, a colonização européia;

Poderia dizer que George Bush jogou bilhões de dólares em bombas na cabeça dos iraquianos, enquanto bilhões de seres humanos passam fome pela Terra - e aí, cadê a Justiça nesse mundo?

Poderia mesmo admitir minha mediocridade por não saber argumentar diante de tamanha obviedade.

Tantas são as possibilidades que ousarei agir em total desprezo às normas técnicas: não vou apontar nenhum desses fundamentos como razão de decidir.

Simplesmente mandarei soltar os indiciados. Quem quiser que escolha o motivo.

Expeçam-se os alvarás.
Intimem-se.
Rafael Gonçalves de Paula
Juiz de Direito

*********************************

A Escola Nacional de Magistratura incluiu em seu banco de sentenças, o despacho incomum do juiz Rafael Gonçalves de Paula, da 3ª Vara Criminal da Comarca de Palmas, em Tocantins. A entidade considerou de bom senso a decisão de seu associado, mandando soltar Saul Rodrigues Rocha e Hagamenon Rodrigues Rocha, detidos sob acusação de furtarem duas melancias:

Enviem para Juízes, promotores, advogados, estudantes de direito, outros cursos e mesmo pessoas de seu relacionamento. Essa sentença é uma aula, mais que isso; é uma lição de vida, um ensinamento para todos os momentos.
Ele com certeza desabafou por todos nós!


Vamos analisar os fatos:

O Exmo. Sr. Dr. Juiz, questionou a prisão daqueles famintos, em virtude da liberdade de tantos criminosos de colarinho branco.

Estes roubaram para comer, aqueles, para enriquecer. Estes eram homens simplórios, certamente desconheciam a lei, aqueles eram letrados e estavam conscientes de seus maus atos e dos danos que causariam a milhares e até milhões de pessoas.

No despacho ele não mencionou que roubar não fosse crime, disse apenas que duas melancias não enriquecem nem empobrece.

Ademais, há momentos em que a decisão não está intrinsecamente na formalidade da lei, mas, no princípio moral que a norteia.

12/11/2016

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

DONS DE DEUS - Por Vicente Almeida

É verdade que: até hoje, não foi inventado bem maior do que um filho. Se seus primeiros anos forem irrigados com carinho, amor e bons exemplos teremos orgulho dele.

Que precisamos ser para o filho, seu melhor companheiro, seu melhor amigo, seu confidente sem nos deixar escravizar por suas vontades, nem aceitar passivamente seus excessos. O excesso elimina a qualidade.

Que uma palavra amiga estabelece freio na desordem e um abraço carinhoso, não lhe custa um centavo sequer e a paz interior que se estabelece não tem preço.

Que o melhor momento, ainda é aquele que passamos com as pessoas que amamos, pois, elas não estarão por aqui para sempre (nem nós).

Que dizer eu te amo: à sua companheira ou seu companheiro e às pessoas do nosso terno carinho faz os corações vibrarem e se encher de ternura.

Que um beijo e um abraço quando vêm de lá de dentro, curam a dor. “Por isso, valorize sua família e os amigos leais.” Não leve em conta alguma contrariedade que venha a sofrer. Isto faz parte do aprendizado.

Que cada passo que você dá em direção ao futuro é como se estivesse construindo uma ponte. Faça-a sólida, pois poderá retornar pelo mesmo caminho!

Que a prudência é a mais sábia das decisões. Você jamais se arrependerá em adotá-la.

Que exigir dos outros é muito fácil, será que estamos cumprimos nossa obrigação com eles?

Entendemos que cada ser humano recebe os dons e habilidades de que necessita para adquirir experiências e vencer seus próprios obstáculos no decorrer da sua existência.

Se algo der errado, não terá sido por falta desses dons e habilidades, mas, por que o beneficiário desviou o seu curso. Vamos exemplificar (embora não seja necessário):

O cantor recebe o dom da voz;

O carregador/estivador desenvolve músculos fortes e suporta pesos acima da média;

O médico recebe a habilidade e a capacidade para curar os enfermos e fazer verdadeiros milagres em cirurgias;

O Professor recebe o talento para transmitir seus conhecimentos àqueles que pretendem se promover na vida.

O historiador vem com uma memória privilegiada e a capacidade de fazer belas e históricas narrativas;

O sábio nasce com o dom da paciência e suas palavras são cheias de poder e sabedoria.

A mulher... Ah, a mulher dedicada, além de receber o dom da maternidade, em cujo ventre durante cerca de 270 dias, abriga e alimenta uma, duas ou mais vidas que estão intimamente entrelaçadas pelo amor, recebe também habilidades incalculáveis para exercer outras atividades no cotidiano sem descanso. São 24 horas desdobrando-se entre esposo, trabalho (às vezes externo), filhos e netos.

Todo indivíduo recebe de Deus, um dom para desempenhar certa tarefa e com o passar do tempo vai se encaminhando para cumpri-la. Como mencionamos acima, se algo der errado é que o personagem se desviou do rumo, às vezes por haver encontrado um pequeno obstáculo e não pretender se esforçar para superá-lo, outras vezes, apesar de tudo estar ao seu alcance, a preguiça o domina. É pena por que vai sofrer de graça. Pense nisso.

Escrito por Vicente Almeida
11/11/2016