OBRIGADO PELA VISITA

O LABORATÓRIO SIDERAL leva até você, somente POSTAGENS de cunho cultural e educativo, que trata do universo; das gentes; das lendas; das religiões e seus mitos, e de forma especial, dos grandes mistérios que envolvem nosso passado. Contém também muitos textos para sua meditação. Tarefa difícil, mas atraente. Neste Blog não há bloqueio para comentários sobre qualquer postagem.

A FOTO ACIMA É A VISÃO QUE TEMOS DA CHAPADA DO ARARIPE, A PARTIR DA NOSSA "VILA ENCANTADA".

domingo, 20 de novembro de 2016

O SIGNIFICADO DAS DOENÇAS!!! - Por Poliana Almeida

Durante o meu curso de enfermagem, descobri que o estudo sobre saúde, não está limitado somente ao corpo material.

Os médicos e psicólogos estudam profundamente os fenômenos comportamentais que antecederam a doença, retroagindo no tempo até localizar o início de possíveis causas da enfermidade, e assim tornar possível a cura, ou estabilizar em um patamar razoável.

Segundo a psicóloga Americana Louise L. Hay, todas as doenças que temos são criadas por nós. Afirma ela, que somos 100% responsáveis por tudo de ruim que acontece no nosso organismo. Todas as doenças têm origem num estado de não-perdão. 

Sempre que estamos doentes, necessitamos descobrir a quem precisamos perdoar. 
Quando estamos empacados num certo ponto, significa que precisamos perdoar mais. 
Pesar, tristeza, raiva e vingança são sentimentos que vieram de um espaço onde não houve perdão. Perdoar dissolve o ressentimento. 

Estou relacionando a seguir, algumas doenças e suas prováveis origens, elaboradas por aquela psicóloga. Reflita, vale a pena tentar compreender e evitá-las: 

Não estou querendo dizer que seja exatamente assim, mas, é o resultado de um estudo científico durante mais de vinte anos com milhares de pacientes. De alguma forma, as enfermidades tem relação direta com nosso comportamento, qualquer pessoa com o mínimo de entendimento percebe isso, mas tem aquela história de não dar o braço a torcer e vai sofrendo.  

DOENÇAS/CAUSAS: 

AMIDALITE: Emoções reprimidas, criatividade sufocada.
ANOREXIA: Ódio ao externo de si mesmo.
APENDICITE: Medo da vida. Bloqueio do fluxo do que é bom.
ARTERIOSCLEROSE: Resistência. Recusa em ver o bem. 
ARTRITE: Crítica conservada por longo tempo. 
ASMA: Sentimento contido, choro reprimido.
BRONQUITE: Ambiente familiar inflamado. Gritos, discussões.
CÂNCER: Mágoa profunda, tristezas mantidas por muito tempo.
COLESTEROL: Medo de aceitar a alegria.
DERRAME: Resistência. Rejeição à vida. 
DIABETES: Tristeza profunda.
DIARRÉIA: Medo, rejeição, fuga.
DOR DE CABEÇA: Autocrítica, falta de auto-valorização.
DOR NOS JOELHOS: medo de recomeçar, medo de seguir em frente. Pessoas que procuram se apoiar nos outros.
ENXAQUECA: Raiva reprimida... Pessoa perfeccionista. 
FIBROMAS: Alimentar mágoas causadas pelo parceiro (a).
FRIGIDEZ: Medo. Negação do prazer.
GASTRITE: Incerteza profunda. Sensação de condenação.
HEMORROIDAS: Medo de prazos determinados. Raiva do passado. 
HEPATITE: Raiva, ódio. Resistência a mudanças.
INSÔNIA: Medo, sentimento de culpa.
LABIRINTITE: Medo de não estar no controle.
MENINGITE: Tumulto interior. Falta de apoio.
NÓDULOS: Ressentimento, frustração. Ego ferido. 
PELE (ACNE): Individualidade ameaçada. Não aceitar a si mesmo.
PNEUMONIA: Desespero. Cansaço da vida.
PRESSÃO ALTA: Problema emocional duradouro não resolvido.
PRESSÃO BAIXA: Falta de amor quando criança. Derrotismo. 
PRISÃO DE VENTRE: Preso ao passado. Medo de não ter dinheiro suficiente.
PULMÕES: Medo de absorver a vida.
QUISTOS: Alimentar mágoa. Falsa evolução.
RESFRIADOS: Confusão mental, desordem, mágoas.
REUMATISMO: Sentir-se vitima... Falta de amor. Amargura. 
RINITE ALÉRGICA: Congestão emocional. Culpa, crença em perseguição.
RINS: medo da crítica, do fracasso, desapontamento.
SINUSITE: Irritação com pessoa próxima.
TIREOIDE: Falta de humildade.
TUMORES: Alimentar mágoas... Acumular remorsos. 
ÚLCERAS: Medo... Crença de não ser bom o bastante, mau humor.
VARIZES: Desencorajamento. Sentir-se sobrecarregado.

Curioso não?

Por isso vamos tomar cuidado com os nossos sentimentos, principalmente daqueles, que escondemos de nós mesmos.

Quem esconde os sentimentos, retarda o crescimento da Alma. 

Remédios indicados: Auto-estima, Perdão e Amor.


Poliana Almeida
13/11/2016

3 comentários:

  1. Bom dia Vicente e Poliana Almeida. Que Deus lhes proteja sempre de qualquer tipo de doença. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  2. Compadre! Ela está aniversariando hoje: duas notas de vinte, uma de cinco, uma de dois e uma de um.

    ResponderExcluir
  3. Meus parabéns pelo aniversario. Paz e bem.

    ResponderExcluir