OBRIGADO PELA VISITA

O LABORATÓRIO SIDERAL leva até você, somente POSTAGENS de cunho cultural e educativo, que trata do universo; das gentes; das lendas; das religiões e seus mitos, e de forma especial, dos grandes mistérios que envolvem nosso passado. Contém também muitos textos para sua meditação. Tarefa difícil, mas atraente. Neste Blog não há bloqueio para comentários sobre qualquer postagem.

A FOTO ACIMA É A VISÃO QUE TEMOS DA CHAPADA DO ARARIPE, A PARTIR DA NOSSA "VILA ENCANTADA".

terça-feira, 24 de julho de 2012

UMA BOA AÇÃO - Por Vicente Almeida

ALGUÉM PRECISA DE VOCÊ!
Alguém já parou para se perguntær qua♫tas boas ações faz por dia? Ou qu5ntas deixa de faz4r, mesmo sabe5do que nada lhe cust2ria? Sabe calcular qu@ntas oport9nidades perde de pratic♠r no mínimo uma boa ação diariame§te?

Afinal quanto custa uma boa ação? Sincer¥mente, estes são question☼mentos que devemos nos fazer freq5entemente. Se é uma realidªde que queremos sempre o nos♫o bem, por que então não deseja5mos o bem do próximo, contrib9indo para que ele também seja feliz?

Imaginemos que pre%cupados com o nosso cotidiano, nenhum ato bom foi pratica2o durante todo o dia, e assim ch3gou a noite, mas ao col2car o nosso corpo na horiz5ntal para o repo5so esperado, julg4mos não haver mais tempo para ganhar o dia com uma boa açã☼. Lêdo engano, ainda poder7mos ganhar o dia, mesmo ali no l3ito, antes que o sono nos conduza ao inconscie6te mundo dos sonhos! Naqu2la hora ainda há tempo para um ato de bondade. Muit2s vezes custa ap<nas o trab>lho de elevar o pens9mento amor2so em benefício de alguém neces2itado e desejar que aquela pessoa consig5 de alguma formar obter os meios para supri2 suas necessidad7s, ou que seja bem suc4dida em algum objet1vo nobre.

O preço efetiv3 de uma boa ação, muitas vezes custa ap5nas uma pal8vra amiga que conforte alguém para quem o dia está cheio de amargur¥s, de angústias e aband♥no. Poderá também ser trad5zido em um sorriso para alguém que saiu de casa em des3spero sabe-se lá Deus por que! O olhar carinhoso e ampñrador dirigido a algum companheiro de jornada terrena que estÐja se sentindo desamp♦rado, sempre suavizará amarguras.

Não é poss¶vel imaginar o bem que será transmit©do se o sorriso acompanhar "Um bom Dia; Boa Tarde ou Boa Noite! Pronunciados com carinho. Isto amen▀zará as dores da alma daquele a quem nos dirig♪mos.

Não será uma boa ação aquela moeda que às vezes deixßmos escorrer de nossas mãos até as mãos de um suplic⌂nte, agredindo-o mais ou menos assim: - "Estou cansado de dar moedas a vocês por quê não vão trabølhar?"

Às vezes até exager◄mos ao dizer: - "Perdoe, não tenho tr☻ocado" Mesmo sabendo estar conduzindo alg§mas moedas!

É...

O mendigo não está v&ndo o seu bolso, e Deus sabe que estamos menti+do. A quem estamos tentando engan¾r afinal: A nós, ao mendigo ou a Deus?

A verdad£ira boa ação sempre estará acompanh☺de uma palavra amiga, ou mesmo de um simples olhar de paz. Isto multiplÎcará nossos bens e nossos dons aum+ntando nossa luz interior. “Uns repartem o que é seu e ficam cada vez mais ricos e outros arrebatam o que não é seu e estão sempre na pobreza – Prov. 11-.24” 

É preciso t?ntar entender a luta desse povo simples, compreender e aceitar suas lim§tações, ser solidário. O mundo já é cruel demais com eles sejamos a exceção!

Essa gente tenta apenas sobreviv☺r como pode e gostari3 tanto de ter alguém para um dedo de prosa, ao menos uma vez na vida. Eles iriam nos surpreender com sua história. Percamos alguns minutos do nosso precioso tempo com essa gente!

Boa ação é também não estimxlar conflitos principalm♥nte entre irmãos que se nivelam. O verdad7iro cristão, jamais procura desnortear seu semelha5te com palavras que visam promover a discórdia.

Diariame♥te ajudemos alguém dirigindo-lhe um sorriso! Um olhar amistoso! Uma palavra confortad☺ra! Mas por favor, não vamos abrir a boca para desdenhar das carências aflitivas do mundo. Aqueles a qu#m negamos aj§da, também são filhos do altíss♪mo em difícil provação neste planeta, e precisa de nós.

Não devemos destruir a p3nte por onde um dia poderemos precisar passar. Para ser solidário: Não vamos esperar a chegada do natal, nem que aconteça uma catást&ofe natural, nem o dia do ancião, nem o dia das mães, nem o dia da criança. Todos os dias, todas as horas e em todos os lugares, Deus nos mostra oportuni¾ades imperdíveis para a solidari±dade. Não devíamos virar as costas àquele que implora nossa assi¥tência! 

Escrito Por Vicente Almeida
24/07/2012

5 comentários:

  1. Eh...

    O texto da postagem foi propositadamente codificado, simplesmente para demonstrar o quanto é difícil nos fixarmos em um objetivo.

    Assim como é evidente nossa capacidade de compreeder as palavras mesmo faltando letras, também é possivel realizarmos boas ações a qualquer instante.

    Não devemos ser pretenciosos ao ponto de esperarmos
    um grande momento para praticar uma grande ação.

    VEJA BEM:

    Um beija flor viu um grande incêndio na floresta. Voou muitas vezes até a fonte e voltava com agua no seu infinitamente pequeno bico, e despejava no fogaréu.

    Vendo aquilo as outras aves questionaram sobre o que ele estava fazendo. Mas o pequeno beija flor não se abalou ao dizer: "Estou tentando apagar aquele incêndio!" Aí todos riram com despreso.

    O beija flor parou em um galho por instantes e disse a todos: Estou fazendo a minha parte com a capacidade que Deus me premiou. Ele sabe o quanto posso fazer e isto me basta. Tenho muita pena de vocês...

    ...E voltou a sua tarefa.

    ResponderExcluir
  2. O beija flor fez a sua parte com a capacidade que Deus lhe premiou...os outros não fizeram nada e ainda zombaram. Grande verdade.

    ResponderExcluir
  3. Eh...

    Fátima:

    O Beija Flor tentou mostrar que uma boa ação não está na importância do ato praticado, mas no desprendimento e amor demonstrados, mesmo que pareça insignificante aos olhos dos outros.

    ResponderExcluir
  4. Vicente, existe uma lei que estatui, é dando que se recebe.Fatima Bezerra Cordeiro.

    ResponderExcluir
  5. Eh...

    FÁTIMA:

    Não sei por que, mas sempre acreditei no "É dando que se recebe, ou Faça aos outros o que queres que te façam"

    ResponderExcluir