OBRIGADO PELA VISITA

O LABORATÓRIO SIDERAL leva até você, somente POSTAGENS de cunho cultural e educativo, que trata do universo; das gentes; das lendas; das religiões e seus mitos, e de forma especial, dos grandes mistérios que envolvem nosso passado. Contém também muitos textos para sua meditação. Tarefa difícil, mas atraente. Neste Blog não há bloqueio para comentários sobre qualquer postagem.

A FOTO ACIMA É A VISÃO QUE TEMOS DA CHAPADA DO ARARIPE, A PARTIR DA NOSSA "VILA ENCANTADA".

domingo, 30 de dezembro de 2012

ADEUS 2012 - Por Vicente Almeida


VOU SENTIR SAUDADES

Tudo que podia falar, falei;
Tudo que podia viver, vivi;
Tudo que tinha para amar, amei;
Tudo que podia aprender , aprendi;
Tudo que tinha para perdoar, perdoei;
Tudo que precisava sentir, senti.

Agora deixo a velha nave;
E embarco na nave do futuro;
Antes que a velha dê uma pane e trave;
Passo para a nova, que é porto mais seguro.

Deixo na velha nave os vícios,
Levo na bagagem os dons;
O mal joguei nos precipícios;
Nesta viagem planetária, uno-me aos bons.

2012 está indo pro passado eternamente;
Somente o teremos na memória;
2013 traz esperanças e desejo de seguir em frente
Embarco nele, com garra, amor e certeza da vitória.

Nos últimos instantes deste belo ano;
A Deus elevo meu pensamento e em prece
Rogo; Derramai Senhor, teu amor soberano;
Fazei com que durante o novo ano;
Tenha conforto e paz, aquele que padece.


Texto: Vicente Almeida
30/12/2012

2 comentários:

  1. É...

    2012 foi o melhor ano da minha vida. Não tenho absolutamente nada de que me queixar.

    Neste ano aprendi mais um pouco a respeitar minhas limitações e amar cada vez mais a humanidade.

    Não posso mudar o mundo, mas tudo posso fazer para mudar a mim mesmo. Somente assim terei alcance para compreender seres humanos.

    ResponderExcluir
  2. Feliz Livro Novo
    Quando 2012 começou, ele era todo seu. Foi colocado em suas mãos... Você podia fazer dele o que quisesse... Era como um Livro em Branco, e nele você podia colocar um poema, um pesadelo, uma blasfêmia, uma oração. Podia... Hoje não pode mais; já não é seu. É um livro já escrito... Concluído. Como um livro que tivesse sido escrito por você, ele um dia lhe será lido, com todos os detalhes, e você não poderá corrigi-lo. Estará fora de seu alcance. Portanto, , reflita, tome seu velho livro e o folheie com cuidado. Deixe passar cada uma das páginas pelas mãos e pela consciência; faça o exercício de ler a você mesmo. Leia tudo... Aprecie aquelas páginas de sua vida em que você usou seu melhor estilo. Leia também as páginas que gostaria de nunca ter escrito. Não, não tente arrancá-las. Seria inútil. Já estão escritas. Mas você pode lê-las enquanto escreve o novo livro que lhe será entregue. Assim, poderá repetir as boas coisas que escreveu, e evitar repetir as ruins. Para escrever o seu novo livro, você contará novamente com o instrumento do livre arbítrio, e terá, para preencher, toda a imensa superficie do seu mundo. Se tiver vontade de beijar seu velho livro, beije-o. Se tiver vontade de chorar, chore sobre ele e, a seguir, coloque-o nas mãos do Criador. Não importa como esteja... Ainda que tenha páginas negras, entregue e diga apenas duas palavras: Obrigado e Perdão!!! Em, 2013 , lhe será entregue outro livro, novo, limpo, branco todo seu, no qual você irá escrever o que desejar... FELIZ LIVRO NOVO!

    ResponderExcluir