OBRIGADO PELA VISITA

O LABORATÓRIO SIDERAL leva até você, somente POSTAGENS de cunho cultural e educativo, que trata do universo; das gentes; das lendas; das religiões e seus mitos, e de forma especial, dos grandes mistérios que envolvem nosso passado. Contém também muitos textos para sua meditação. Tarefa difícil, mas atraente. Neste Blog não há bloqueio para comentários sobre qualquer postagem.

A FOTO ACIMA É A VISÃO QUE TEMOS DA CHAPADA DO ARARIPE, A PARTIR DA NOSSA "VILA ENCANTADA".

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

A ÁRVORE DOS PROBLEMAS - Por Vicente Almeida

A ÁRVORE DOS PROBLEMAS



Certa vez um carpinteiro foi contratado para reformar alguns móveis na casa da fazenda de um senhor.

No primeiro dia do carpinteiro, ele teve alguns contratempos que o impediram de chegar na hora combinada.

Imagine o leitor que ao se aproximar da fazenda, o pneu do seu carro furou, e ele perdeu uma hora de trabalho. Ao iniciar as tarefas, a sua serra elétrica quebrou e ele cortou o dedo. ao final do expediente, quando se preparou para retornar ao lar, o seu carro não funcionou.

Mas o homem que contratou o carpinteiro percebendo os transtornos que ele sofrera durante o dia, e temendo que não retornasse no dia seguinte, lhe ofereceu uma carona para casa. Durante o caminho, o carpinteiro permaneceu calado deixando o outro apreensivo.

Entretanto ao chegaram a sua casa, o carpinteiro convidou o homem para entrar e conhecer a sua família.

Quando os dois homens estavam se encaminhando para a porta da frente, o carpinteiro parou junto a uma pequena árvore, e gentilmente tocou os galhos com as duas mãos, e num ato singelo fechou os olhos por um instante e murmurou algumas palavras inaudíveis para seu acompanhante.

Depois de abrir a porta da sua casa, o carpinteiro transformou-se.

Os traços tensos do seu rosto transformaram-se em um grande sorriso, e ele abraçou seus filhos e beijou sua esposa.

Um pouco mais tarde, o carpinteiro acompanhou a sua visita até o carro.

Assim que eles passaram pela árvore, o homem perguntou por que ele aparentemente havia tocado na planta e conversado com ela antes de entrar em casa.

"Ah", respondeu o carpinteiro, "este é o cabide dos meus problemas".

Eu sei que não posso evitar ter problemas no meu trabalho ou no meu dia, mas estes problemas são pessoais e não devo envolver minha família com eles.

Então todo dia, ao retornar das minhas tarefas diárias, e antes de entrar em casa deixo os meus problemas pendurados nesta árvore, e os pego no dia seguinte.

E quer saber de uma coisa?

Toda manhã, quando eu volto para buscar os meus problemas, muitos tem desaparecido e os restantes não são nem metade do que eu me lembro de ter deixado na noite anterior, e aqueles que pego de volta tenho sempre a inspiração para acabar de resolve-los."

Autor desconhecido
Adaptado para o Laboratório Sideral
24/10/2012

3 comentários:

  1. Eh...

    Nem todas as pessoas gostam de receitas de otimismo, e estão sempre muito trancadas para refletir sobre esses singelos e práticos ensinamentos.

    Muitos acham os textos bonitos e envolventes, mas esquecem rapidinho.

    Nossa qualidade de vida depende muito daquilo que absorvemos e aprendemos de bom durante o dia.

    ResponderExcluir
  2. Gostei da ideia.

    Meu marido sempre diz que não devemos deixar os problemas nem a violência atravessarem o batente da nossa porta, por que quando eles entram, as vezes fazem morada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em Efésios (4,26), encontramos um belo versículo que nos traz também um belo ensinamento.

      Vamos todos ter nossa "árvore"!
      Um abraço

      Excluir