OBRIGADO PELA VISITA

O LABORATÓRIO SIDERAL leva até você, somente POSTAGENS de cunho cultural e educativo, que trata do universo; das gentes; das lendas; das religiões e seus mitos, e de forma especial, dos grandes mistérios que envolvem nosso passado. Contém também muitos textos para sua meditação. Tarefa difícil, mas atraente. Neste Blog não há bloqueio para comentários sobre qualquer postagem.

A FOTO ACIMA É A VISÃO QUE TEMOS DA CHAPADA DO ARARIPE, A PARTIR DA NOSSA "VILA ENCANTADA".

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

O PODER DA HUMILDADE - Por Vicente Almeida

PARA A CRIANÇA QUE HÁ EM VOCÊ

Estava o sol a passear sem rumo pelo firmamento, se vangloriando do seu poder abrasador. Por onde ele passava deixava  tristeza e desolação, e ria de tudo aquilo, dizendo: Eu sou o mais poderoso, o mais forte, o maior e ninguém é mais que eu!

Olhando para a terra, observou um pequeno local e viu uma floresta ardendo em chamas. E ouviu um sussurro. Era o fogo que humildemente se lamentava:

- “Que horror, que tragédia, não sei como cresci tanto. Estou levando a destruição por onde passo e não é isto que quero”!

- Queria mesmo era ser apenas um foguinho para aquecer os humanos no frio e durante o inverno, para aquecer o alimento deles e protegê-los quando dormem, e olhe, não consigo me controlar, vou transformando em cinzas a floresta inteira. O reino animal e vegetal estão ardendo em chamas!

O sol se aproximou, olhou para o fogo com desdém e disse:

- Não seja tolo, a destruição é uma coisa maravilhosa todos nos temem, e continuou se exibindo: Eu sou o maior. Quando lanço minha chama ela alcança centenas de milhares de quilômetros, nada sobrevive. E você se lamenta por tão pouco. Você acha mesmo que vou me preocupar com seres sem importância?

fogo percebeu que o sol era muito prepotente e queria zoar com ele, então lhe disse:

- Você pode até ser muito coisa, mas não é mais que eu. Você é apenas 3/4 de mim. Então sou o maior e nem por isto estou me pavoneando.

O Sol se irritou soltando uma grande labareda contra o fogo, mas esse nada sentiu, pois, apesar de pequenino, também era quente.

Disse o Sol ao fogo:

- Você acha mesmo que tem algum poder sobre mim, por acaso é mais que eu em alguma coisa? 

O fogo na sua humildade respondeu:

- Sim, tenho honra, e o meu amor pela humanidade é grandioso e não penso em destruí-la. Nisto sou mais importante que você!

E o fogo que não era de conversar muito com os prepotentes, timidamente comentou!

- Sou mais que você em outra coisa!

- Pois diga, desafiou o Sol, e se não puder provar, vou destruir você e este planetinha, se provar me retirarei e o deixarei em paz.

Então o fogo na sua simplicidade falou:

- O meu nome é maior que o seu... Tem uma letra a mais, e você mesmo tendo a eternidade toda, jamais poderá mudar isto!

??? O Sol ficou vesgo, e rubro de raiva recolheu seus raios e se retirou.

Escrito por Vicente Almeida
10/09/2012

Um comentário:

  1. Eh...

    O orgulho e a vaidade sempre nos levam por caminhos tortuosos e inesperados.

    ResponderExcluir