OBRIGADO PELA VISITA

O LABORATÓRIO SIDERAL leva até você, somente POSTAGENS de cunho cultural e educativo, que trata do universo; das gentes; das lendas; das religiões e seus mitos, e de forma especial, dos grandes mistérios que envolvem nosso passado. Contém também muitos textos para sua meditação. Tarefa difícil, mas atraente. Neste Blog não há bloqueio para comentários sobre qualquer postagem.

A FOTO ACIMA É A VISÃO QUE TEMOS DA CHAPADA DO ARARIPE, A PARTIR DA NOSSA "VILA ENCANTADA".

sábado, 22 de setembro de 2012

OS MARCIANOS JÁ VIERAM - Por Vicente Almeida


OS MARCIANOS JÁ VIERAM, NINGUÉM PERCEBEU!?

Não esquente a cabeça. Pare um pouco e veja o documentário do vídeo abaixo, depois medite. Para  entender melhor, vamos passar algumas dicas.

Se você tinha dúvidas sobre o passado da humanidade, claro que elas agora aumentarão mais ainda, mas lembre-se você não está sozinho, alguém mais pensa como nós!

A ciência costuma teorizar sobre o passado, na tentativa de melhor explicar fatos inexplicáveis. Há coisas que não batem!


A construção das piramides é uma delas.


Toda aquela tentativa de provar que foram construídas pelos Faraós, utilizando milhares de homens durante dezenas de anos é meio confuso. Dá um nó em nossa inteligencia.

Diz a teoria, que escravos moviam blocos de pedras com cerca um metro cúbico, pesando  várias toneladas. Esses blocos eram arrastados sobre toras de madeira por muitos quilômetros até a obra. Finalmente usando uma rampa arrastavam aqueles blocos a até cento e quarenta  metros de altura (A piramide mais alta). Em lá chegando, acomodavam-no sobre outro bloco de forma a ficar tão alinhado que nada sobrava ou faltava em relação aos demais! Como faziam isso?

Os cortes na parte superior dos blocos eram sempre menores, de forma a ir estreitando até  terminar em uma ponta. Por isto cada piramide é vista de forma triangular.

Os blocos eram cortados e programados para cada posição, de tal forma que se encaixavam perfeitamente. De modo que a base da piramide tinha a mesma largura em todos os lados, e o topo terminava quase pontiagudo.

Como calcularam tudo isto? Que instrumento usavam para o corte, sem que um só bloco  ficasse sobrando ou faltando em relação ao outro, uma vez que eram cortadas ainda no solo? Como deduzir que ferramentes provavelmente rudimentares fariam tudo aquilo?

Como fizeram tantas galerias dentro de cada piramide sem que desmoronasse no decorrer de tantos milhares de anos? Contudo percebemos que os cálculo matemático era de altíssima precisão!

Isto realmente nos parece o trabalho de uma civilização super avançada tecnologicamente, que dominava  uma  tecnologia ainda hoje desconhecida na terra, inclusive para elevar cada bloco do solo a qualquer altura e acomodá-lo na posição correta e definitiva determinada pelos arquitetos.

É... De duas uma: Usavam um equipamento sobre cada bloco de pedra deixando-o com gravidade ZERO, isto é; sem peso facilitando sua movimentação, ou utilizavam grandiosos guindastes ou naves para elevar e acomodar aqueles blocos em seus respectivos e numerados lugares.

Prefiro pensar assim, a teorizar como os cientistas dizendo que esses seres vieram das estrelas. Isto nos da a impressão de uma viagem inter estelar quase impossível.

Pense um pouco. A estrela mais próxima da terra é "Próxima" e fica na Constelação de Centauro a 4,2 anos-luz de distancia. Essa distância equivale a quase 40.000.000.000.000. Isso mesmo, quarenta trilhões de quilômetros. É muito longe você não acha?

Não dá para realizar uma migração em massa conduzindo equipamentos para aqui usar a sua tecnologia. Considerando especialmente que essa distancia somente poderia ser vencida se viajasse a trezentos mil quilômetros por segundo, durante mais de quatro anos. Sabemos que nenhum corpo resistiria a essa velocidade por tanto tempo sem se volatilizar.

Somos um astro sem luz própria, perdido na imensidão do Cosmos. É como se fossemos um simples grão de areia, nem somos vistos. Aparentemente o que se vê em distancias imensuráveis são as estrelas, as galáxias. Entretanto há muita coisa no universo detectada por dedução, dai surgindo uma teoria para explicar o fato, como os buracos negros por exemplo.

O que é teoria? TEORIA é uma coisa que não é, mas a gente faz de conta que é, para ver se fosse, como seria!

*****************************************
MINHA VERSÃO PESSOAL:

O que tivemos habitando entre nós há dezenas de milhares de anos  foi parte de uma civilização alienígena super avançada, aqui mesmo do nosso Sistema solar. Nos parece que houve grande migração para cá!

E aqui entramos com a nossa teoria:

Na nossa vizinhança, ali na esquina temos o planeta Marte que aparenta sinais da existencia de vida no passado, e guarda alguma semelhança com a Terra, além de ficar a apenas 78.340.000 km de distancia ou seja 4,35 minutos-luz.

Vamos criar uma pequena história para ilustrar nossa teoria:

Imaginemos que há milhões de anos, o planeta Marte era habitado por uma civilização cujo conhecimento tecnológico e científico havia atingido a sua plenitude.

Isto tornou possível viagens inter planetárias, bem como prever com precisão anormalidades futuras no planeta. Assim ficaram sabendo que em menos de mil anos, a  vida em Marte seria inviável. Todo ser vivo pereceria em algumas centenas de anos.

Diante da expectativa, os cientistas marcianos procuraram um planeta que pudesse abrigar, se não toda a civilização, ao menos parte dela. E assim localizaram na Terra as pontencialidades e possibilidades necessárias.

E construíram a sua "Arca de Noé" em forma de muitas naves, e as equiparam com sua melhor tecnologia migrando em massa para cá salvando do aniquilamento, parte da civilização.

Aqui aportando encontraram o planeta habitado por pessoas, rudes, nomades, assustadas, cuja sobrevivencia dependia unicamente da caça e da pesca.

De alguma forma passaram a conviver com aquela gente edificando obras impossíveis de serem realizadas pelo conhecimento humano daqueles tempos.

Assim os marcianos se tornaram como deuses para os habitantes do planeta Terra. Aqui permaneceram por algumas centenas de anos, tempo suficiente para disseminar sua cultura através de grandes obras deixadas na crosta terrestre. Algumas ainda hoje podem ser vistas das alturas como a indicar sua localização para os marcianos retardatários.

Depois de algumas gerações marcianas, parece-nos que perderam a fertilidade e aos poucos foram desaparecendo restando suas grandiosas e inexplicáveis obras espalhadas pelos quatro cantos da terra.

Entretanto os nativos terráqueos foram contando a história daqueles deuses de geração em geração, até se tornar uma lenda, felizmente, registraram também através de simbolos e figuras que o tempo não apagou. E hoje nos ajudam a teorizar sobre o grande mistério da visita marciana.

A propósito o nosso robô curiosity, neste momento está por lá fazendo uma vista de cortesia tentando nos transmitir maiores informações sobre o planeta vermelho.
*****************************************

Na Terra existem desde tempos imemoriais, muitas obras gigantescas e inúmeras teorias para explicá-las, entretanto, nenhuma delas garante a verdade. Vamos então continuar especulando. É assim que aprendemos!

Agora veja o vídeo!  




Texto escrito por Vicente Almeida
22/09/2012

8 comentários:

  1. Vicente, eu acredito, que Deus é GRANDIOSO em sua criação; e seria egoismo acharmos que estamos sós, no Universo; digo mais, existem seres extra terrestre sim, sem sombra de dúvida.

    Fátima Bezerra Cordeiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, bichinha, cadê você que não me deu notícias desde que retornou?

      Excluir
  2. Olá:

    Hoje me limito apenas a ler e pensar sobre seu texto. Opinar, quem dera! Mais uma vez você me coloca na situação de analfa......
    Gosto dessas postagens porque através delas estudo um pouco. O chato é que continuo sem entender muito do assunto. Que fazer?!!!!!! Ficar na minha.
    Um bom final de semana para toda família ALMEIDA!

    ResponderExcluir
  3. Eh...

    FÁTIMA CORDEIRO:

    Seres extra terrestres? Claro que existem! As provas expostas mundo afora, são tão visíveis e palpáveis que não deixam dúvidas. Cego é aquele que não quer ver!

    Mais do que imaginamos, estamos sempre recebendo ajuda de seres extra físicos e extra terrestres, não do espaço sideral, distante, mas aqui do nosso sistema solar. É assim que penso!

    FIDERALINA:

    Muitos não comentam as postagens, mas vejo aqui a imensa quantidade de leitores que visualiza cada uma delas.

    Há uma força maior que me impulsiona a escrever sobre determinados temas saindo do convencional para o metafísico, para as estrelas, para esse mundo invisível que sabemos existir. Claro, tenho que ler muito sobre cada matéria e associar o meu raciocínio lógico a fim de tirar conclusões e somente depois escrever.

    Procuro definir a postagem em uma linguagem simples para torná-la a mais compreensiva possível.

    Sobre cada tema. Se desejar melhor compreensão pergunte aqui mesmo na área de comentários, e terei prazer em responder.

    ResponderExcluir
  4. Desde menina que leio e ouço falarem sobre os marcianos. Naquele tempo chamavam Marte de planeta vermelho.

    A pequena história sobre eles, criada para ilustrar esta postagem, nos abre espaço para meditar sobre nosso passado.

    O vídeo reforça as impressões especificadas no texto.

    ResponderExcluir
  5. Será?! Começo como termina o vídeo. Fiquei sem fôlego. Já li o Livro "Eram os Deuses Astronautas" e sempre me questionei. O universo é muito grandioso para acreditarmos somos e somos!

    Ei, Vicente eu tenho um cunhado muito curioso. Ele viu alguns comentários seus em nosso blog e quis saber quem é você. Eu falei que é do Crato, que mora no Crato e ele ficou curioso para saber se você morou em Minerolândia (Monbaça). Se puder, e eu sei que pode, se quiser... Responda-me por favor. Obrigada.

    ResponderExcluir
  6. Eh...

    VALDÊNIA:

    A primeira vez que tomei conhecimento dos marcianos foi na revista 'O CRUZEIRO" e a matéria me assustou. Eu tinha uns dez anos, e foi assim que fiquei sabendo de vidas extra terrestres.

    A partir de então comecei a fazer minhas indagações pessoas, mas nunca tirei conclusões de que eles teriam origem agressiva. Seres evoluídos não brigam!

    ARTEMÍSIA.

    Não estamos sozinhos. Nunca estivemos sós no universo. Aliás, a terra foi povoada talvez milhares ou milhões de anos depois de inúmeros outros planetas.

    A questão é que os cientistas da terra querem encontrar seres inteligentes e traçam como perfil, a nossa imagem e semelhança, respirando da mesma forma que nós, isto por que não há como imaginar o formato de algo desconhecido.

    Não é bem assim. Devemos estar preparados para um dia encontrar vida inteligente, mas a forma daqueles seres talvez nada tenha de semelhante a nós. Se aqui respiramos oxigênio, em outros lugares pode ser que respirem metano e assim por diante.

    Quanto a pergunta do seu cunhado sobre minha origem: Nasci no Crato e nunca morei fora desta cidade. Apenas meu avô paterno era pernambucano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Vicente, por sua atenção. Falarei para o meu cunhado.

      Excluir